O que se refere a elementos da grafotécnica

Aprenda como é feita a verificação de autenticidade de assinatura e o que se refere a elementos da perícia grafotécnica.

o que se refere a elementos da perícia grafotécnica

Os elementos da perícia grafotécnica se referem a situações bem específicas para avaliar a legitimidade de uma assinatura. Tem interesse nesse assunto?

Certamente o trabalho de um perito grafotécnico é instigante. Pois, ele deverá ser capaz de observar e analisar escritas e por fim dizer se são ou não autênticas.

Entre as habilidades necessárias para que faça isso, está a de buscar respostas para o que se refere a elementos da perícia grafotécnica.

Amplamente falando, seriam estes elementos a análise da construção da escrita no documento ou de uma assinatura, igualmente, da peculiaridade da pessoa que escreveu.

Entretanto, há ainda, muitos detalhes e pormenores presentes em uma perícia grafotécnica.

E é por isso, que no texto de hoje, vamos focar nos elementos que a integram. Então convidamos você a ler este texto integralmente para saber mais sobre o tema.

Para que serve a grafoscopia e o que se refere a elementos da perícia grafotécnica?

Para quem nunca se perguntou o que é, a resposta é simples: a perícia grafotécnica, graças à expertise do perito, serve para analisar e comparar assinaturas e documentos, e determinar se são ou não verdadeiros.

Entretanto, algumas vezes a assinatura poderá ser autêntica, mas o documento é falso.

O que é realmente importante é o material que você recebe.

Geralmente se faz esta análise usando documentos anteriores para assim comprovar se a assinatura no documento atual é verdadeira ou não.

Como é feita a perícia grafotécnica?

Inicialmente, se possui a peça de exame, também conhecida como peça questionada, que se trata do documento que vai ser analisado.

Para realizar este procedimento, é necessário outro documento onde se sabe que realmente a pessoa assinou, logo, que é autêntico.

curso de perito grafotécnico

Em síntese, os elementos da grafotécnica e a perícia, envolve uma análise comparativa abrangente entre um documento questionado e a caligrafia conhecida de um escritor suspeito.

Hábitos, características e individualidades específicas – tanto do documento questionado quanto do espécime conhecido – são examinados quanto a semelhanças e diferenças.

O primeiro passo, portanto, é analisar a amostra de escrita conhecida e a amostra de escrita desconhecida para características distintivas.

O examinador procura qualidades únicas, como letras e espaçamento entre palavras, letras e inclinação das palavras, tamanho e proporcionalidade dos caracteres, formações incomuns de letras, floreios e outros atributos individuais.

A próxima etapa é diferenciar os elementos da amostra conhecida daqueles da amostra desconhecida.

Posteriormente e a etapa final é avaliar as semelhanças nas amostras conhecidas e desconhecidas.

Embora as diferenças sejam uma boa indicação de uma não correspondência, nenhuma característica semelhante, por mais exclusiva que seja, pode determinar uma correspondência. Portanto, todas as semelhanças devem ser consideradas.

O examinador deve fazer um julgamento em cada caso, avaliando a totalidade dos elementos.

Quais os elementos analisados na perícia grafotécnica?

A comparação e avaliação dessas características ou hábitos individuais permitem que os grafotécnicos identifiquem ou excluam, se possível, um escritor conhecido como a fonte de qualquer redação questionada.

Os leigos podem reconhecer a caligrafia de um indivíduo e diferenciar em algum grau.

Contudo, eles observam apenas as características grosseiras da caligrafia, como formação da letra, tamanho ou inclinação da caligrafia.

Os leigos normalmente não consideram as sutilezas na escrita que podem diferenciá-la de outra escrita muito semelhante.

Em contraste, peritos grafotécnicos experientes e conhecedores dos elementos da perícia grafotécnica, analisam e podem diferenciar tanto as características grosseiras quanto os elementos menos conspícuos na redação.

Os recursos de caligrafia que os examinadores avaliam incluem:

  • Tamanho e inclinação da escrita;

  • Pressão da caneta;

  • Elevações da caneta;

  • Espaçamento entre palavras e letras;

  • Posição da escrita na linha de base;

  • Relações de altura;

  • Traços iniciais e finais;

A identidade de um escritor não pode ser estabelecida através de uma única característica individual na escrita.

Em vez disso, a identidade é estabelecida por uma combinação de características significativas entre os escritos, sem diferenças claras.

Qual é o profissional que aprende sobre os elementos da grafotécnica e pode realizar a perícia?

grafotecnico

OK, agora que já sabe o que se refere a elementos da perícia grafotécnica, vamos detalhar quem pode fazer a perícia grafotécnica.

O profissional capaz de reslizar a perícia grafotécnica é o perito grafotécnico, que também é conhecido por perito de assinatura e ainda examinador grafoscópico.

Somente estes especialistas estão habilitados para fazer análise de documentos e assinaturas, fazer comparações com os padrões de confronto e aplicar os exames grafotécnicos para reconhecer a veracidade dos escritos.

Quanto ganha um perito grafotécnico ?

Profissão interessante a do perito em assinatura, não é ? Quel tal saber agora quanto ganha um perito grafotécnico ?

Saiba que se você está pensando em entrar nesta profissão, vai encontrar um mercado bastante lucrativo.

O custo para periciar uma assinatura fica em volta de R$4.000,00. O que é um ótimo valor, considerando que você pode fazer esta atividade nos seus horários extras e que não demanda nenhum gasto para você – apenas sua dedicação.

Assim, um perito grafotécnico com dedicação parcial à profissão consegue tirar em torno de R$ 20.000,00 ou até mais por mês.

Quais as vantagens da profissão de perito grafotécnico ?

Podemos apontar diversas óbvias vantagens de ser um perito grafotécnico, mas sem dúvida as mais relevantes são:

  • Rapidez e facilidade de se formar: tudo que você precisa fazer é um curso de perícia grafotécnica de 22 horas, no formato EAD e pronto, você se torna um perito! Além disso, o preço é bem em conta;

  • Alta demanda: existem poucos profissionais qualificados no mercado. Portanto, é uma ótima oportunidade você aproveitar esta brecha e conseguir muitos clientes;

  • Excelentes Honorários: como dito, esta é uma profissão que paga muito bem – e o melhor, você pode fazer no seu tempo extra!

  • Baixo investimento: não é preciso pagar os tubos para se tornar perito grafotécnico. Muito pelo contrário! O curso possui um valor muito acessível e pode ser parcelado.

Como se tornar um perito grafotécnico?

curso de perito grafotécnico

Para se tornar um perito grafotécnico, é preciso realizar um curso específico para essa área.

Neste curso, o aluno recebe aulas de professores formados em grafoscopia e que atuam no mercado.

E o melhor de tudo, que poderá realizar todo o curso a distância, na segurança da sua casa e com a possibilidade de assistir os conteúdos quantas vezes desejar.

Como é o curso de perito grafotécnico?

O curso é completamente em vídeo aulas, que você pode assistir no horário e local que você desejar – seja no computador, seja no notebook ou celular.

Além disso, serão disponibilizados materiais em PDF que você pode baixar e imprimir que consistem em modelo de laudo, apostila, entre outros.

Por isso não deixe para amanhã sua nova profissão e venha fazer o curso de perito grafotécnico da Mega Cursos!

Clique aqui para saber mais sobre ele.

Torne-se um Perito Grafotécnico e conquiste uma nova Fonte de Renda!

Se você sabe da importância de ter uma segunda fonte de renda então a profissão de perito grafotécnico é ideal, pois pode ser exercida nas horas vagas e dá excelente retorno financeiro.

Vale aqui relembrar as vantagens da profissão:

curso-de-perito-grafotecnicoPode ser exercida em paralelo com seu emprego ou seu negócio;

curso-de-perito-grafotecnicoPode ser exercida nas horas vagas, inclusive aos fins de semana;

curso-de-perito-grafotecnicoTrabalho bem simples, qualquer pessoa pode aprender a fazer;

curso-de-perito-grafotecnicoFormação rápida: basta fazer um curso de 22 horas/aula;

curso-de-perito-grafotecnicoMercado com grande demanda;

curso-de-perito-grafotecnicoDá rendimentos de R$ 20 mil mensais ou mais;

curso-de-perito-grafotecnicoInvestimento baixíssimo no curso: bem menor do que a mensalidade de uma faculdade;

A profissão de perito grafotécnico é profissão tão em alta que sempre é destaque nas mídias.

materia exame sobre profissao de perito grafotecnico

materia exame sobre perito grafotecnico

materia terra sobre profissional da pericia grafotecnica

materia R7 perito grafotecnico profissao em alta

E então, convencido de que ser um perito grafotécnico é a melhor opção para você conquistar uma segunda fonte de renda e ganhar muito dinheiro trabalhando na área, sem abandonar sua atividade atual ?

Clique no botão abaixo e conheça o curso de perito grafotécnico que oferecemos.

quero conhecer o curso de perito grafotécnico


Leia também...

O que é imagem pessoal?
O que é imagem pessoal?

Imagem pessoal: um termo que poderia ser considerado uma dos mais relevantes nos dias atuais. Isso porque...

Ler tudo
O que faz um consultor de imagem pessoal?
O que faz um consultor de imagem pessoal?

No mundo em que vivemos hoje, ter uma imagem pessoal agradável é essencial para o nosso sucesso profissio...

Ler tudo
Para que serve uma consultoria de imagem?
Para que serve uma consultoria de imagem?

Muito além de ser apenas um trabalho estético, a consultoria de imagem tem muito mais a oferecer...

Ler tudo

Compartilhar nas Redes Sociais...

Cadastre-se para receber as novidades
Cursos em Destaque
Curso de Perito Grafotécnico
Curso de Visagismo
Curso Como ganhar dinheiro com venda de carros